BLOG

RENTABILIDADE NÃO MUITO ALTA SIGNIFICA MÁ GESTÃO DO FUNDO?

Publicado: fevereiro, 2017

Não necessariamente. Existe uma verdade no mundo da rentabilização de capitais que sempre deve estar presente na boa gestão de qualquer investimento: Alto rendimento normalmente está associado de alguma forma a alto risco. Poucas oportunidades de investimento propiciam alta rentabilidade e segurança ao mesmo tempo, por isso, um conceito seguro é que fundos cuja rentabilidade gravita próximo de sua taxa de performance proposta são aqueles que realmente estão entregando os resultados a que se propõe.
Para avaliar a performance de um fundo, é importante entender se os resultados estão equivalentes ao que o fundo se propõe a entregar. Rendimentos baixos em tempos de crise podem indicar investimentos em segurança do capital e cuidado do gestor com o patrimônio dos cotistas, assim como rendimentos extraordinários nunca devem ser analisados isoladamente sem avaliar aos níveis de riscos a que os investimentos dos cotistas são expostos, muito embora, boas estratégias podem possibilitar excelentes rendimentos sem necessariamente expor os cotistas a alto risco.

Outro fator a se considerar é que a rentabilidade pode estar momentaneamente baixa porque o  Gestor tem estratégias montadas para rentabilizar e que não se realizam no período avaliado, por isso, uma boa análise sempre é feita em períodos mais longos onde pode-se concluir o nível de performance do investimento.